AVALIAÇÃO E ESTIMULAÇÃO PRECOCE DE BEBÊS E CRIANÇAS COM ATRASO E/OU COM SINAIS DE RISCO PARA TRANSTORNOS DO NEURODESENVOLVIMENTO

Há muito se sabe sobre a importância do diagnóstico precoce para o prognóstico da criança. Isso porque desenvolvimento cerebral na fase inicial está relacionado com maiores chances de plasticidade cerebral e, consequentemente, há maior possibilidade de superação (ou minimização) de muitos transtornos do desenvolvimento. Com base no exposto, temos como objetivos identificar fatores de risco para transtornos do neurodesenvolvimento, acompanhar o desenvolvimento da criança, orientar a família em relação à estimulação no contexto familiar e escolar e verificar a necessidade de intervenção terapêutica.